Territorialidade e negociação identitária: o questionamento do lar em Brown girl, Brownstones, de Paule Marshall

Denise Almeida Silva

Resumo


A partir da análise da representação de migrantes afro- -caribenhos em Nova Iorque no romance Brown girl, browstones, de Paule Marshall, analiso, neste ensaio, o modo como a experiência do lugar, e em especialmente a vivência e imaginação de lar, afeta a construção identitária. Após a justificativa inicial da abordagem escolhida, defino lar e sua influência na formação das cosmologias estruturantes do indivíduo, passando, então, à análise da obra.


Palavras-chave


identidade, territorialidade, Paule Marshall.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2012n45a467

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).