Pesquisa quantitativa e qualitativa em Sociolinguística: dadaísmo metodológico?

Caroline Rodrigues Cardoso

Resumo


A confluência entre pesquisas quantitativas e qualitativas na Sociolinguística é um dadaísmo metodológico? O cerne da discussão aqui não é a epistemologia, pois parto do pressuposto de que a Sociolinguística estuda a língua atrelada ao social. Busco demonstrar que o enfoque metodológico depende da pergunta de pesquisa, ou seja, do tema a respeito do qual se desenvolve uma tese.


Palavras-chave


Sociolinguística; metodologia; pesquisa quali-quanti.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2013n46a451

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).