Devir-ele: o neutro na literatura

Gabrielle da Silva Forster, Vera Lúcia Lenz Vianna da Silva

Resumo


Ao reconhecer que a despersonalização do sujeito na experiência da escrita é para alguns pensadores um aspecto crucial da literatura moderna, o presente trabalho objetiva uma aproximação das propostas de Blanchot, Foucault, Deleuze, Guattari, Barthes e Agamben, com o intuito de observar o caráter transgressivo que figura por trás da passagem do eu ao ele indicada por eles.


Palavras-chave


Literatura moderna; Neutro; Devir.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22409/cadletrasuff.2013n46a449

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN (online) 2447-4207
ISSN (impresso) 1413-053X


Indexado em:

Periódicos Capes    Diadorim Sumarios.org   Sumarios.org Livre Latindex MLA DOAJ


Licença Creative Commons
O periódico Cadernos de Letras da UFF utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0).